background

[Porto 🇵🇹] Citizens’ engagement in local diagnostic of Campanhã


April 23, 2020

Campanhã is the city of Porto’s greenest and easternmost parish. Their citizens are already aware of the URBiNAT project and its aim of building together a healthy corridor to promote an alternative way of connecting Corujeira central square with the three main social housing neighbourhoods – Cerco do Porto, Lagarteiro and Falcão. This healthy corridor will be an inclusive public space that will offer better quality of life to their users, with “more wellbeing” and less inequalities. 

Citizens’ engagement, as the first step of the URBiNAT co-creation process, started March 2019 with an invitation for workshops with  associations and institutions that work for years with the local community. Forty members of these stakeholders supported the mapping of the participatory culture and suggested the development of synergies with existing projects related with the implementation of Nature-Based Solutions that combine environmental solutions with social and solidarity economy, as the urban farm “Horta da Oliveira”. Stakeholders designed with URBiNAT the strategy to promote dialogue with citizens in two directions: firstly, with young pupils from primary schools to integrate their creativity in the process and secondly, with all populations through a public event to include their experience and knowledge.

On the one hand, three events were organised from May to June 2019 in Corujeira, Falcão and Cerco do Porto primary schools with the support of the Schools Grouping of Cerco, and the primary school’s teachers coordinators. URBiNAT shared its concepts and methodologies and knew more about the educational projects developed in each school, as “Politicians for one day” or “Porto heritage”.  More than 500 students and their teachers went through the activities of mapping, walkthrough and photovoice contributing for the local diagnostic of Campanhã, also sharing their feelings and perceptions. Children identified the environmental challenges as key issues for an inclusive urban regeneration claiming for solutions with nature, light in the public space, large side-walks, places for children to play and no garbage in the street and parks.

On the other hand, a one day event took place in Corujeira square in mid October 2019 with the support of the Civil Parish of Campanhã and several stakeholders (Terra Solta, Soutelo, APPC, APPCDM, Bushido Dojo Clube Karaté de Campanhã). A set of activities were organised in the middle of the square, starting with a video and closing with a questionnaire to engage citizens in the co-design process. About 150 citizens (men, women, young, elder adults, specificities) participated  and near 70 of them agreed to continue with URBiNAT. These activities closed the local diagnostic with important contributions from the citizens on their knowledge about NBS, on mapping their activities in the territory, on how they feel about Campanhã and what their dreams are.

These activities activated Campanhã’ Living Lab and all information was collected and analysed together with a survey on health and wellbeing by direct interviews that took place in september, a behavioural mapping on citizens’ way of using public space, a territorial mapping and socio-economic analysis. The results are in the website and they are feeding the co-design process that started in November 2019. To know more about this stage, wait for the next post!

A special thanks to all Campanhã’ community, citizens, childrens, associations, institutions, schools and civil parish for your support and commitment with URBiNAT.

You can follow the activities in Porto on the Porto page of this website and reach us by email contact@urbinat.eu or urbinat@ces.uc.pt

 

Author: Porto Task Force [CES, UC, PORTO, DOMUS, CIBIO, GUDA]

 

URBiNAT Porto: O envolvimento dos cidadãos no diagnóstico local de Campanhã

 

Autor: Porto Task Force [CES, UC, PORTO, DOMUS, CIBIO, GUDA]

 

Campanhã é a freguesia mais verde e oriental do Porto. Os seus cidadãos já conhecem o projeto URBiNAT e o seu objetivo de construir juntos um corredor saudável para promover uma forma alternativa de conectar a praça central da Corujeira aos três principais bairros de habitação social – Cerco do Porto, Lagarteiro e Falcão. Esse corredor saudável será um espaço público inclusivo que oferecerá melhor qualidade de vida aos usuários, com “mais bem-estar” e menos desigualdades.

O envolvimento dos cidadãos, como primeira etapa do processo de co-criação do URBiNAT, começou em março de 2019 com um convite para oficinas com associações e instituições que trabalham há anos com a comunidade local. Cerca de quarenta membros dessas associações e instituições apoiaram o mapeamento da cultura de participação e sugeriram o desenvolvimento de sinergias com projetos existentes relacionados com a implementação de soluções baseadas na natureza que combinam soluções ambientais com economia social e solidária, como por exemplo, a horta urbana denominada “Horta da Oliveira”. As associações e instituições elaboraram com a equipa URBiNAT a estratégia de diálogo com os cidadãos em duas direções: primeiro, com jovens alunos das escolas primárias para integrar sua criatividade no processo e, em segundo lugar, com toda a população em um evento público para incluir suas experiências e conhecimentos.

Por um lado, foram organizados três eventos, de maio a junho de 2019, nas escolas básicas de Corujeira, Falcão e Cerco do Porto, com o apoio do Agrupamento de Escolas da Cerco e das coordenadoras e professoras das escolas básicas. O URBiNAT compartilhou os seus conceitos e metodologias e também tomou conhecimento dos projetos educacionais desenvolvidos em cada escola, como “Políticos por um dia” ou “Património do Porto”. Mais de 500 alunos e seus professores passaram pelas atividades de mapeamento, percurso pelo espaço público e fotovoz, contribuindo para o diagnóstico local de Campanhã, através da partilha dos seus sentimentos e percepções. As crianças identificaram os desafios ambientais como questões-chave para uma regeneração urbana inclusiva, reivindicando soluções com a integração da natureza, com luz no espaço público, com grandes passeios laterais nas vias, com locais para as crianças brincarem e sem lixo na rua e nos jardins.

Por outro lado, um evento de um dia ocorreu na praça da Corujeira, em meados de outubro de 2019, com o apoio da Junta de Freguesia de Campanhã e de várias partes interessadas (Terra Solta, Soutelo, APPC, APPCDM, Bushido Dojo Clube Karaté de Campanhã). Um conjunto de atividades foi organizado na praça, começando com um vídeo animado sobre o URBiNAT e fechando com um questionário para envolver os cidadãos no processo de co-projecto. Cerca de 150 cidadãos (homens, mulheres, jovens, idosos, e cidadãos com especificidades) participaram e cerca de 70 deles concordaram em continuar com o URBiNAT. Estas atividades encerraram o diagnóstico local com importantes contribuições dos cidadãos através dos seus conhecimentos sobre NBS, sobre o mapeamento de suas atividades no território, sobre como se sentem em relação a Campanhã e quais são seus sonhos para o território.

Estas atividades ativaram o Laboratório Vivo de Campanhã e todas as informações foram coletadas e analisadas em conjunto com uma pesquisa sobre saúde e bem-estar, por meio de entrevistas diretas realizadas em setembro, um mapeamento comportamental sobre o uso do espaço público, um mapeamento territorial e uma análise socio-económico. Os resultados estarão no site e vão alimentar o processo de co-projeto iniciado em novembro de 2019. Para saber mais sobre esta fase, aguarde o próximo post!

Um agradecimento especial a toda a comunidade de Campanhã, cidadãos, crianças, associações, instituições, escolas e junta de freguesia pelo seu apoio e compromisso com o URBiNAT.

Pode acompanhar as atividades no Porto no site www.urbinat.eu e contactar-nos através do email contact@urbinat.eu ou urbinat@ces.uc.pt

Related Posts

[Press Release] CRIAR JUNTOS CAMPANHÃ: Lançamento da co-criação de corredores saudáveis com a população de Campanhã

https://urbinat.eu/articles/press-release-criar-juntos-campanha-lancamento-da-co-criacao-de-corredores-saudaveis-com-a-populacao-de-campanha/

 

Citizen Engagement : Creating Campanhã Together

https://urbinat.eu/cities/porto/

 

Local Diagnostic Report for Porto City

Link Resources

 

D2.1 Local Diagnostic Report for Each Front Runner City

Link Resources

 

The URBiNAT Porto Task Force

Porto Municipality РPedro, Marta, Ana, Sara, Nuno, Manuel, Claudia, Maria Jọo

DOMUS SOCIAL РJos̩, Joana, Mariana, Sara

CIBIO РJos̩, Beatriz

CES – Gonçalo, Nathalie, Beatriz, Isabel, Giovanni, Sheila, Sandra, Denise, Fábio, Fernanda

UC – Luís Miguel, António, Rui, José António, Vitório

GUDA РAm̩rico, Susana, Sofia

 

Local Stakeholders

(completar)

APPC РAssocia̤̣o do Porto de Paralisia Cerebral

APPACDM – Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão com Deficiência Mental 

Terra Solta

Soalheira

Lagartixa Park

Visões Úteis

OUPA

TODOS

SOUTELO

Junta de Freguesia de Campanhã

Agrupamento de Escolas do Cerco

Bushido Dojo Clube Karaté de Campanhã 

Fios e Desafios – Associação de Apoio Integrado à Família 

Norte Vida РAssocia̤̣o para a Promo̤̣o da Sa̼de

APD РAssocia̤̣o Portuguesa de Deficientes

Asas de Ramalde

Novo_Acto Associação de Artes Performativas